Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Não tem nada de espetacular nas entranhas do Wii U

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

TecH


Administrador
Administrador


Hector Martin foi o responsável por desenvolver o primeiro driver open-source para o Kinect, há dois anos. Agora, ele disse que desvendou os mistérios do Wii U.

O hacker não revelou em muitos detalhes tudo o que tem dentro do último console da Nintendo, mas tuitou algumas informações importantes (e realmente técnicas) sobre o sistema. De forma reduzida, sabemos que:

O Wii U tem alguns apelidos: o sistema se chama "Cafe", o CPU leva o nome "Espresso" e o GPU/SoC/etc. usam o codinome Latte. Uma estranha associação com café, não é mesmo?
Clock do CPU Espresso não pode ser comparado a de outros, como Xenon e Cell. É como comparar um Pentium 4 com um Pentium 3
CPU tem bom IPC, péssimo SIMD
CPU é baseado no Pentium M 750, de 1,86 GHz, mas PowerPC 750 e a sua velocidade de clock gira em torno de 1,24 GHz. Já o GPU é baseado na linha AMD Radeon e tem clock de 550 MHz

Com as inevitáveis comparações entre a potência dos consoles, Hector nos lembra que, por ser de gerações diferentes, os CPUs não podem ser analisados lado-a-lado. "Sim, o CPU do Wii U não é nada fabuloso, mas não compare o seu processamento com um 360 e diga que é muito pior, porque não é", avisa o hacker.

O que aprendemos com essas informações? A primeira é que o CPU do Wii U funciona em um clock relativamente baixo, o que justificaria a performance um pouco travada de Mass Effect 3 em relação aos outros consoles.

Ao mesmo, descobrimos que o núcleo de processamento do Wii U é muito diferente dos seus antecessores e concorrentes, já que a CPU é baseada no PowerPC 750, e essas mesmas comparações entre as plataformas não fazem muito sentido, especialmente quando estamos falando de comparar jogos que foram feitos antes do lançamento do novo console da Nintendo e foram apenas adaptados para a nova plataforma.

Kyle Orland, do ArsTechnica, vai mais fundo na discussão sobre comparações de sistemas. "Comparar dois consoles com estruturas e chips internos bem diferentes não é tão fácil quando simplesmente colocar as velocidades de clock lado-a-lado", lembra o analista. "Outros fatores, como o número de instruções por ciclo de clock, a capacidade do RAM bus e a eficiência geral da estrutura do console são tão importantes quanto a velocidade bruta em que um processador funciona."

Fundamentalmente, o Wii U de fato não é uma nova potência avassaladora no mercado, mas isso não significa que o hardware possa ser, assim, tão facilmente desprezado. É só o começo de uma nova geração.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

http://high-tech.livreforum.com

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum